Discordo com veemência dos que dizem por aí que ouve-se o soar de sinos quando se beija alguém por quem se está apaixonado.

No meu caso, lembro claramente que ouvi – num tom mais baixo que o estalar dos nossos lábios – a voz do Paulinho Moska.

(Eu já matei você mil vezes
E seu amor ainda me vem
Então me diga: quantas vidas você tem?)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s