‘Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios’, de Marçal Aquino

Sempre que vou à livraria me permito ser seduzida pelos livros que se avolumam nas prateleiras. Cada um tem em si a capacidade de atrair ou não meus olhos e mãos de forma bastante peculiar. Para me ter por inteira o livro e seus atributos sedutores devem conduzir-me até o caixa sem que antes eu me questione seu preço ou a quantidade de outros livros que ainda tenho aguardando leitura na minha estante.

Dia desses, perambulando pelas prateleiras da Livraria Cultura, repousei os olhos sobre ‘Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios’. Peguei o livro, folheei…nunca antes tinha ouvido falar no escritor Marçal Aquino. Gostei do título do livro. Achei sonoro, uma junção de palavras capaz de transmitir dor e alento ao mesmo tempo. Um poema em forma de título.

No entanto, tive receio de levá-lo pra casa. Tanta poesia em prosa poderia resultar num livro cafona, foi o que pensei quando devolvi o ‘Eu receberia’ para a prateleira.

Muitos dias se passaram e não conseguia tirá-lo da cabeça. O que o autor quis dizer com isso? Minha curiosidade estava aguçada e se me conheço bem, não sossegaria até conhecer o conteúdo do livro. Por coincidência (será?) várias pessoas ao meu redor começaram a elogiar a obra. Além disso um filme inspirado nele seria lançado em breve.

Comecei a pesquisar sobre Marçal Aquino na internet e descobri que ele já foi repórter e roteirista, e que um de seus livros, ‘O amor e outros objetos pontiagudos’, havia ganho o  Prêmio Jabuti no ano 2000. Descobri também que ‘O invasor’, outro de seus livros, chegou a virar filme e foi roteirizado por ele próprio. Era impossível continuar contendo tanta curiosidade.

Voltei à livraria e comprei o tal livro que tanto estava tirando a minha paz. Comecei a ler.

Devo começar dizendo que ‘Eu receberia’ é um livro feito para agradar a gregos e troianos. Primeiro porque envolve a temática do amor-tragédia, aquele tema que sempre irá agradar a uma boa parte da população até que o mundo acabe. Segundo porque é um livro estritamente bem escrito, minucioso. Feito pra agradar os leitores mais chatos com questões de estilo. As frases são curtas, os capítulos também. A narrativa, apesar de não linear, é frenética. Tive a sensação de que estava com a respiração em suspenso durante quase toda a leitura. O livro se esvaiu ligeiro. Poucas horas depois de tê-lo aberto já tinha concluído. Fiquei extasiada com o final da trama.

Aquino criou personagens densos, misteriosos, cheios de segredos e extremamente cativantes. Até mesmo os secundários são dignos de uma afeição imoderada por parte do leitor.

O livro é um relato do fotógrafo Cauby sobre seu envolvimento com Lavínia, uma mulher atraente e instável emocionalmente. Lavínia é casada com Ernani, um pastor de igreja evangélica que foi o responsável por resgatá-la de uma condição marginal. Mas talvez isso não seja o mais importante. Para mim, mais do que saber o que acontece era atraente saber como acontece. Aquino narra o enlace dos personagens de forma saborosa. O livro dá sede ao leitor, que só encontra a saciedade que deseja ao fim da obra.

‘Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios’ é a minha melhor surpresa literária de 2012. Definitivamente valeu a pena ter pago pra ver o que havia por trás do título bonito.

Ps: ‘Eu receberia as piores notícias dos lindos lábios’, o filme,  teve estreia na última sexta-feira aqui em Fortaleza. Uma pena eu ter que esperar até o final de semana para conferir. Aos interessados, eis o trailler do longa, que tem direção de Beto Brandt (o mesmo diretor de ‘Cão sem dono’, adaptação de ‘Até o dia em que o cão morreu’, livro de Daniel Galera. Tenho adoração por ambos: o livro e o filme):

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s