Citando

Eu me lembrava daquela coisa tão simples e cândida que Kafka tinha se perguntado certa vez: ‘Será verdade que se pode prender uma garota com a escrita?’. Poucas vezes se expressou com tanta ingenuidade, tanta precisão e tanta profundidade a essência da literatura. E esta é a tarefa que Kafka atribuiria à escrita em geral, e à sua escrita em particular. Porque, ao contrário do que tantos acreditam, não se escreve para entreter, embora a literatura seja das coisas mais divertidas que existem, nem se escreve para isso que chamam ‘contar histórias’, embora a literatura esteja cheia de relatos geniais. Não. Escreve-se para prender o leitor, para assenhorar-se dele, para seduzi-lo, para subjulgá-lo, para entrar no espírito do outro e permanecer ali, para comovê-lo, para conquistá-lo…’

(Enrique Vila-Matas em ‘Não há lugar para a lógica em Kassel’)

Anúncios

Um comentário sobre “Citando

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s